FANDOM


O Império Taariano foi um país que surgiu provavelmente entre 3200 AQT e 1500 AQT e durou até 0 AQT.Ele foi fundado pelos Taarianos ,uma raça parente dos elfos e eladrins, e é mais conhecido por ter supostamente conquistado todo o mundo,e até lugares no Plano Astral e a Cidade dos Portais.

Converted file 60afe34d

A Bandeira Imperial,o azul representando os mares da Terra,o amarelo o Sol,que era dito que nunca se punha no Império e a arvore verde as terras do mundo e a vida nele,governadas pelo Imperador.

Segundo se conta em varias parte do Mundo,o Império encontrou seu fim nas mãos do Grande Herói,uma figura lendária cuja a existência e características são incertos.

História Editar

Os taarianos habitavam o Plano Astral inicialmente,num reino que ficava nas ilhas flutuantes de Dinapoor,onde haviam fundado um reino prospero que comercializava suas poções e conhecimentos de feitiços que produziam em troca de diamantes astrais ou alimentos.

Eles eram governados por Reis que detinham poder total sobre a sociedade Taariana.

Em um certo dia,aconteceu um evento que abalou toda a Sociedade Taariana,assim como todos os indivíduos dos Planos Terrestres.Esse evento era A Guerra Divina,um conflito pelo poder divino total entre Ihys e Asmodeus,que eram os deuses governantes do Mundo.

O Rei Aleyn,que governava os Taarianos na época,se aliou com os Deuses Astrais,já que ele acreditava que os os Caóticos só trariam Caos aos seus dominios,além de desprezarem as raças que haviam se unido a Asmodeus.

Assim como ele,as chamadas "raças élficas"(seus semelhantes biologicos) os elfos,os eladrins, os vildes,os pixies,as fadas,os duendes e os gnomos,se uniram ao Lado Astral e todos recrutaram tropas

1st era soldado taariano

Soldado Taariano da época da Guerra Divina.

como Ihys ordenou.

Apesar de se subjugar como comandando ao Deus Ihys,Aleyn queria ganhar algo em troca.Algo tão valioso que fosse compensar as perdas que a guerra causaria.O líder dos deuses astrais sabia disso e os taarianos possuiam a maior força do Plano Astral,logo a ajuda deles era vital.Então Ihys deu o comando das forças das raças élficas ao Rei Aleyn,além de lhe prometer recompensas com o triunfo na guerra."O Exercito Astraal" foi o apelido dado a essa união de forças entre as raças élficas que viviam no Plano Astraal.

O Exercito Astraal ficou incumbido de capturar Sigil,a Cidade dos Portais,que era reinada por um humano na época, o Rei Eardwulf.Este monarca havia se declarado neutro no ínicio da guerra,mas os caóticos capturaram Sigil mesmo assim.

A cidade era praticamente impossivel de ser tomada,era muito bem defendida,além de os caóticos serem muito numerosos.

O Rei Aleyn sabia que não podia tomar a cidade usando táticas comuns.Logo ele enviou sua vanguarda composta de eladrins,elfos e vildes,distraindo as forças defensoras,dando a oportunidade para fadas e gnomos acharem um caminho que levava aos calabouços da cidade.Apartir deles,as tropas astraais atacaram a cidade pelo o palácio,lugar que os calabouços davam acesso.Após um sangrento combate,as forças astraais derrotaram as caóticas e capturaram a cidade. Eardwulf havia sido preso pelos caóticos e quando a cidade caiu aos taarianos e seus aliados,ele pediu ajuda deles para voltar ao trono e para proteger a cidade,mas Aleyn ordenou que ele fosse executado e assim tomou o controle da cidade para si mesmo.Segundo ele,o Reino Taariano agora era poderoso como um Império,e no dia que disse isso,ele proclamou fundado o Império Taariano.

A Primeira Era Editar

O Império Taariano foi bem recebido pelo seu povo,mas não pelos seus aliados.O Rei Kaldur,o líder dos Elfos e segundo homem mais poderoso no Exercito Astraal,ficou enfurecido pelo fato de Aleyn ter tomado Sigil para si e seu Império,apesar dos Elfos e dos outros terem lutado e sangrado naquela conquista.O Imperador Taariano,porém,conseguiu convence-lo,junto com os outros revoltados, de que todos seriam igualmente recompensados e lucrariam com a guerra.

Apesar da grande vitória em Sigil,o Plano Astraal havia caído nas mãos dos deuses caóticos e Ihys fora morto pelo seu irmão,Asmodeus.

Segundo as runas Taarianas,O Rei Aleyn fez um plano(Manuscritos de outros povos diriam Kord ou Bahamut) de contra ataque as forças caóticas.Ele enviou este plano aos Deuses por meio de um mensageiro e ele foi aprovado.As forças taarianas e eladrins atacaram por trás as forças caóticas no Plano Astraal,enquanto o Rei Kaldur liderava um ataque no Plano Terrestre/Mortal apoiado pelo humano Rei Godwine,pelo Rei Haldor dos Anões e pelos outros membros do Exercito Astraal.

No final,os Deuses Caóticos e seus partidários foram derrotados e assim,a guerra estava acabada.Como resultado,a organização dos povos mudou totalmente na terra e países desapareceram e países surgiram.

Neste caos resultante,os Taarianos que haviam preservados grande parte de sua força militar e mágica lançaram-se ao expansionismo,subjugando todos os povos pelo seu caminho numa série de Conquistas que duraria mil anos,se pudermos confiar nas antigas runas escritas pelos anões de Gaghtaram, o registro mais antigo desa era,mas ainda assim não contemporâneo.Essa série de guerras de conquista ficou conhecida como Segunda Era.

A Segunda Era Editar

Segundo as runas anãs,a Segunda Era começou no reinado do Rei Valron IV,que causou a Primeira Guerra da Conquista,invadindo as terras do Rei Halvdan dos Anões de Vimgron.Desde então inicou-se uma série de batalhas e guerras,resultando na anexação de vários países pelo Império Taariano,cujo seus líderes em algum momento não especifico adotaram o título de Imperador.

Apesar das várias guerras sangrentas,essa foi a era mais gloriosa do Império,a mais estável e rica também.

Alguns registros dirão que os Taarianos conquistaram todo o Plano Mortal e ainda partes do Plano Astral,mas isso é improvável segundo vários historiadores,além do fato de não ter provas muito concretas para solidificar essa teoria.Sabe-se que nessa Era,eles desenvolveram um Império gigantesco e próspero por vários continentes.

Porém,estranhamente,as únicas coisas que remanescem desse grande Império são algumas supostas estruturas e manuscritos datados após a queda dos Taarianos.

A Terceira Era Editar

A última e final era do Império foi a Terceira Era,iniciada no reinado da Imperatriz Aderyn I,que viu seu governo marcado por uma série de rebeliões,segundo alguns,gerados pelo Grande Herói.

Sabemos que a razão mais provável para a queda do Império foram essas rebeliões,mas o folclore popular diz que foi por causa das ações do Grande Herói que os Taarianos caíram e foram extintos.É provável que esse Grande Herói,por sua natureza incerta nas histórias passadas por gerações,tenha sido uma invenção da imaginação popular ou talvez um símbolo para representar a luta contra a tirania dos Taarianos.

Os Taarianos,independente de qual razão,foram extintos e o Império deles acabou durante o reinado de Josidiah,O Terrivel,se podemos acreditar os Manuscritos Sagrados de Centauria.

Legado Editar

O Império Taariano não deixou muitos vestigios seus para trás,mas permanece como o único país a ter incorporado todo o Planeta.

Sua queda foi um marco geopolítico extremamente importante na história de todas as raças,pois deu um surgimento a vários países arcaicos que dariam base aos países modernos.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória